CONHEÇA O POÇO AZUL E OLHO D' ÁGUA ⋆ Viagem com Beth

Bahia Chapada Diamantina Destinos Nacionais Nordeste

CONHEÇA O POÇO AZUL E OLHO D’ ÁGUA

7 de setembro de 2020

POÇO AZUL – Chapada Diamantina BA

POÇO AZUL – CHAPADA DIAMANTINA BA

Conheça o Poço Azul e do Olho D’Água, é uma programação imperdível para quem vai a Chapada Diamantina, na Bahia.

Saímos de Lençóis, eu guia Pedro e Nina Dog, e a nossa primeira parada foi o Poço Azul, que fica em uma gruta em Nova Redenção.

O local fica a cerca de 95 km de Lençóis, mas também é uma ótima opção se você estiver hospedado em Mucugê (65 km de distância) ou em cidades próximas a essas duas.

E como o Olho D’Água é bem próximo, você consegue fazer os dois juntos em um único dia.

1ª PARADA: POÇO AZUL

A visita ao Poço azul é uma experiência incrível, e bastante requisitado entre os viajantes (algumas agências de turismo vendem o pacote para esse roteiro com os dois locais), e por isso a fila pode ser longa (no verão costuma ser muito longa, em baixa temporada nem tanto), então a dica aqui é chegar cedo.

O horário ideal para estar no poço é quando alguns raios de sol entram pela caverna e tornam a imagem ainda mais bela, e como a posição do sol varia ao longo do ano, o melhor é entrar em contato com a administração e perguntar qual é o melhor horário na época em que você está indo ou também seu guia irá orientá-lo.

5 DICAS PARA VIAJAR DE CARRO COM SEU DOG

A entrada de cachorros é permitida apenas na área principal antes de iniciar a trilha para a decida do poço

O cão tem que estar com a guia, e o pessoal que trabalha no local se disponibiliza em ficar olhando.

Nesse caso, a Nina ficou com o guia esperando enquanto eu fui conhecer o Poço Azul.

A entrada atualmente custa R$ 40,00, com o colete, óculos de mergulho e o valor da flutuação no poço já incluídos.

O tempo de flutuação é de 20 minutos, e cada segundo vale a pena.

Desce uma pequena trilha para chegar ao local , tem um guia que acompanha o grupo até o poço.

Depois de entrar é só descer as escadas, tem instrutores dentro da gruta para passar orientações e todos cuidados necessários.

🎟️   Entrada: R$ 40, 00

⌛    Permanência: 20 min

🐾   Não permitida a entrada de animais

🕗   Horário de funcionamento: 8h às 17h

A água do poço fica entre as rochas da gruta e é de um azul bem intenso, e bastante cristalina.

Para preservar assim, nós tomamos uma chuveirada antes de descer.

Você pode descer com câmera, celular, sempre lembrando de prender o seu aparelho ao corpo, já que o poço é bem profundo.

E é um lugar fantástico para tirar fotos subaquáticas ou flutuando (caso o seu celular ou câmera não seja à prova d’água, antes dessa viagem você pode comprar uma daquelas capinhas à prova d’água).

O lugar ainda tem uma infraestrutura para atender os visitantes, com lanchonetes e banheiros.

2ª PARADA: OLHO D’ÁGUA

Logo depois do Poço Azul, é bem interessante ir visitar o Olho D’Água (aproximadamente 3 km de distância), que é uma nascente com a mesma água do Poço Azul, porém a céu aberto.

Os dois passeios são feitos no mesmo dia para aproveitar melhor o seu tempo de viagem, já que são próximas uma da outra, mas afastadas de Lençóis.

A entrada custa R$ 15,00, e quando nós passamos por uma ponte flutuante, pagamos também uma taxa de colaboração para a equipe que faz a manutenção da ponte.

A taxa de entrada já inclui o aluguel do colete e a máscara para a flutuação.

🎟️   Entrada: R$ 15,00 + taxa da ponte

⌛    Permanência: livre

Como a água é cristalina, é possível ver o chão, as plantas, vários peixinhos e as vezes até algumas tartarugas nadando por ali. O tempo de permanência é livre.

Por não ser uma atração tão conhecida quanto a anterior, não costuma ser lotado, e em algumas épocas do ano tem bem poucas pessoas.

Apesar disso, os peixes não se incomodam com a nossa visita, e costumam nadar bem pertinho.

Essas características fazem com que o lugar renda vídeos e fotos subaquáticos incríveis, valendo ainda a dica de levar o equipamento à prova d’água ou adaptado.

Ao redor tem também alguma infraestrutura para o visitante, com algumas lanchonetes que oferecem sucos naturais e pastéis deliciosos, que são feitos ali na hora.

Para quem saiu do Poço Azul, é um bom lugar para fazer um lanche e antes ou depois de mergulhar no Olho D’Água.

COMO CHEGAR

De Lençóis até o Poço Azul, o trajeto é feito indo pela BA-850 até chegar na BR-242. Então segue à direita na BR, até chegar à BA-142 também à direita.

Quando chegar na bifurcação entre a BA-142 e a BA-851, siga à esquerda pela BA-851 por cerca de 20 km, e então vire à direita e siga por alguns quilômetros, até virar a esquerda mais duas vezes, e ali está o Poço Azul.

Como é um lugar conhecido, qualquer dúvida é só pedir informação ou colocar no GPS.

Já do Poço Azul para o Olho D’Água, são 3,1 km de distância.

E saindo do Poço Azul, onde você viraria à direita para ir embora, você vira à esquerda.

Depois é só ir em frente, e atravessar o Rio Paraguaçu.

Como as ruas não tem nome, talvez seja bom colocar no GPS, mas não é difícil chegar.

____________________________________________________________________

CONTATOS

Guia Pedro Paulo | (75) 99716-1005

@pedropauloguia

Pousada Suítes | whatsapp (71) 99999-55158 ou

(71) 98665-3641| Instagram

____________________________________________________________________

NOS SIGA NO INSTAGRAM: BETH CRISKO | NINA DOG

Por: Beth Crisko

2 Comentários

  1. Alberto Viana disse:

    Boa noite. Feliz pela senhora ter gostado da viagem. Esses atrativos fazem parte da Rede BATUC Turismo Comunitário da Bahia pois ficam nos Assentamentos Andaraí e Mocambo/Beira Rio. Se puder referenciar agradecemos pelo turismo responsável e solidário. No nosso blog tem mais dicas http://www.turismoporummundomelhor.blogspot.com.br. Alberto Assessor da BATUC

  2. Beth Crisko disse:

    OK, obrigada pela dica, próxima vez irei conhecer. Grata!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *