TURISMO SUSTENTÁVEL: COMO PRATICAR? ⋆ Viagem com Beth

Diário

COMO PRATICAR TURISMO SUSTENTÁVEL

25 de fevereiro de 2020

Talvez você já tenha ouvido falar em Turismo Sustentável, que é uma prática cada vez mais comum nos dias de hoje. Uma vez que o Brasil é considerado o país com a maior biodiversidade do mundo, conforme você pode verificar no site do Ministério do Meio Ambiente

O nosso país tem 8,5 km², ou seja, tem proporções continentais. Assim, abrigando seis biomas em seu território e uma enorme diversidade e grandes variações climáticas e ecológicas. 

Assim sendo, o turismo sustentável se faz essencial para que possamos conhecer o nosso país. Atendendo não apenas as nossas necessidades enquanto turistas, como também preservando a fauna, flora e comunidade local. Objetivando que o lugar mantenha os seus encantos, fazendo com que nós tenhamos uma interação não nociva.

A Preservação Relacionada ao Turismo

As formas de turismo conhecidas como ecoturismo ou turismo ecológico tem crescido significadamente nos últimos anos. Além de estreitar os laços dos viajantes com a natureza, esse tipo de turismo, quando feito da forma correta, não apenas garante uma convivência harmoniosa com as áreas preservadas; como auxilia imensamente na preservação ambiental.

Isso faz do turismo um grande aliado da preservação. Diferente do que muitos podem pensar, um ambiente preservado não necessariamente é um ambiente intocado. Com a visitação, os lugares recebem recursos para se manter. O que, além de retornar a renda para a população local, traz recursos econômicos que podem ser investidos na manutenção e preservação.

Dessa forma, a convivência com a natureza de forma turística é essencial para a conservação. Uma vez que não apenas gera recursos, o ecoturismo é uma forma de conscientização

E isso acontece porque, como eu falei no post sobre a exploração turística de animais, nem sempre os turistas sabem o mal que estão fazendo com certas práticas. Muitas vezes as pessoas não tem informações o suficiente sobre os lugares que visitam.

Então, quanto mais lugares se propuserem a conscientizar, a mostrar ao turista a beleza e a importância daquele lugar, teremos mais pessoas cientes do valor da preservação.

Exemplos de Turismo Sustentável no Brasil

Taipu de Fora – Península de Maraú

Uma vez que o nosso país é muito rico em biodiversidade, antes mesmo de a sustentabilidade ganhar a visibilidade e importância que tem nos dias de hoje, já existiam alguns exemplos de Turismo Sustentável no Brasil. 

Mas isso não significa que nós não tenhamos o que melhorar. Nós temos muito no que investir, inclusive, saber aproveitar melhor da nossa riqueza em biodiversidade e diversidade cultural é essencial, assim como o reconhecimento da importância do turismo. 

7 destinos que são exemplos do Turismo Sustentável:

  • Bonito – MS: eleito em 2013 como melhor destino sustentável do planeta, conta até com um limite de turistas no local para que o ambiente não sinta impacto.
  • Fernando de Noronha – CE: um dos destinos mais paradisíacos do país, conta com uma usina solar que abastece parte da eletricidade local. Além de serem consumidos alimentos de fora da ilha.
  • Costa do Descobrimento – BA: uma área com 165 km de extensão costeira no sul da Bahia. Repleta de praias paradisíacas e o patrimônio histórico relacionado ao Descobrimento do Brasil.
  • Maraú – BA: uma cidade litorânea na Bahia com praias e piscinas naturais lindíssimas, entre Morro de São Paulo e Itacaré.
  •  Costa da Baleia – BA: no extremo sul da Bahia, conta com grandes extensões de praias, rios, manguezais, restingas e vegetação exuberante e nativa. Além de ser formada por parques nacionais marinhos onde se encontram baleias jubartes.
  • Gramado – RS: principal destino do país no Inverno, também recebe o Festival do Cinema e o Natal de Luz. Nas escolas tem a disciplina de Turismo, essencial para a economia da cidade.
  • Chapada Diamantina – BA: dotada de riqueza de paisagens, contando com formações rochosas, cachoeiras, poços, cavernas, lagoas, entre outros. Além disso, é importante para a história nacional, como o de exploração do garimpo nos séculos XVII ao XIX.

Turista Sustentável – Que Marcas Você Quer Deixar No Planeta?

Turismo Sustentável PRAIA
Turismo Sustentável

Não só de destinos específicos que se faz a preservação turística, é muito importante que os próprios turistas busquem práticas sustentáveis. Aliás, isso pode (e deve!) ser praticado em qualquer lugar que você for.

Então é possível incluir mais sustentabilidade em sua próxima viagem, buscando diminuir os impactos negativos ambientais e culturais.

Para quem deseja fazer isso, procure se lembrar das seguintes dicas:
  • Respeite o Meio-Ambiente: jogue o lixo no lugar certo, não leve nada do meio ambiente (como pedras, conchas, corais…). Não alimente os animais de estimação ou se aproxime (ou os ameace de qualquer forma) e, sobretudo, não os tire de seu habitat natural ou compre animais exóticos, isso é crime!
  • Não Vandalize: Monumentos, edifícios históricos, rochas, árvores… eles são todos patrimônios da humanidade e devem ser preservados para que outras pessoas tenham o direito de ver, assim como você. Então não risque, pinte, escreva, deixe-os como estão.
  • Respeite o Patrimônio e a Cultura Local: saiba as normas das visitação dos espaços e as respeite. Então seja cordial com os costumes e tradições locais, ser diferentes dos seus não os faz certo ou errado, apenas diferentes.
  • Cuidado Com as Praias: por ser um local muito comum de visitar, muitos não sabem como cuidar. Não pise em corais, eles não são pedras, são organismos vivos que ficam expostos quando a maré baixa, mas continuam vivos e fazendo parte do ecossistema local. Algas não são sujeira!

Lembre- se :

  • Não alimente peixes.
  • Algas não são sujeiras.
  • Corais não são pedras.
  • Não toque em animais.
  • Não escreva em pedras.

“PARA QUE O MEIO AMBIENTE NÃO DEIXE DE EXISTIR, LEMBRE-SE DE NÃO POLUIR!”

(Igor Morais)

http://www.viagemcombeth.com/2018/11/roteiro-chapada-diamantina-cachoeira-donana-e-poco-da-judite/

Por: Beth Crisko

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *