VOCÊ SABE USAR A TÁBUA DE MARÉS? ⋆ Viagem com Beth

Dicas

VOCÊ SABE USAR A TÁBUA DE MARÉS?

17 de setembro de 2019

Santa Cruz Cabrália -BA

Sabe quando a gente marca aquela viagem para um lugar maravilhoso com piscinas naturais, se planeja direitinho, checa o clima do lugar, marca data para os roteiros, tudo perfeito… mas chegam o dia e o horário marcados e a maré não tá ideal para o passeio? Então, para isso existe a tábua de marés, que é uma ferramenta muito importante para decidir o horário dos passeios, e saber como estará o nível da maré.

Algumas pessoas tem dificuldade em usar. Aqui vai um guia para dar um help principalmente em destinos no Norte e Nordeste do Brasil, ou para viagens internacionais na zona tropical – que é a zona entre os trópicos – é recomendável seguir a tábua de marés, já que os níveis mínimos e máximos costumam ser bem definidos.

  1. Entrar no site da tábua de marés

Você pode usar o que achar melhor, testar alguns, mas para quem tá começando agora eu a página da Climatempo, que é bem intuitiva e simples de usar.

2.Encontrar o porto mais próximo do seu passeio

A listagem de portos está organizada por estados, então é só encontrar o seu estado (local de sua viagem) e daí achar o porto mais próximo à praia, e colocar a opção no site.

Feito isso, é só você colocar o mês da sua viagem e aparecem sempre duas marés mínimas e duas máximas para cada dia.

3. Decifrando as marés

Como eu disse acima, são listadas 4 marés por dia, com intervalos de um pouco mais que 6 horas, então a cada dia os níveis ocorrem cerca de 35 min mais tarde que no dia anterior.

Nos dias em que a maré está igual ou menor que 0,5 (quanto mais baixo melhor), é bom chegar à piscina natural cerca de 1h ou 1h30 antes do nível mínimo e ficar até no máximo 1h depois do horário do nível mínimo.

NÃO ir às piscinas naturais:

PRAIA DE COROA VERMELHA
  • Em época de lua minguante ou crescente, já que a maré não seca o suficiente;
  • Em dias que a maré baixa acontece próximo ao fim do dia, já que não terá tempo o suficiente para aproveitar o passeio com luz do sol;
  • Quando o nível mínimo estiver acima de 0,5m;
  • De abril a julho o risco de dias chuvosos ou nublados é maior, as piscinas não ficaram tão bonitas.

Ir às piscinas naturais:                            

  • Durante as luas nova ou cheia, quando a maré baixa acontece de manhã;
  • Em dias que a maré baixa acontece no meio da manhã, não muito cedo, já que com a luz do sol as piscinas ficaram mais bonitas;
  • Nas semanas em que o nível da maré estiver mais próximo de zero e respeitando o intervalo de permanência indicado acima.

E AFINAL DE CONTAS PRA QUE SERVE A TÁBUA DE MARÉ?

O.B.S.: Esta dica serve para apreciadores da natureza, orientar pescadores, pessoas que curtem mergulhos, e os amantes da fotografia.

Por: Beth Crisko

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *