VIAJAR COM SEU DOG / O TRANSPORTE ⋆ Viagem com Beth

Dicas

VIAJAR COM SEU DOG / O TRANSPORTE

22 de maio de 2018

Você vai viajar e não quer deixar seu Dog com outras pessoas (ou local especializado)? Quer que seu companheiro esteja com você na viagem? Então, confira esse post e aprenda o que precisa para levar seu animalzinho sem prejudica-lo!

Antes de tudo, pense no bem-estar do seu Dog. Se for viajar de carro, tenha certeza que ele se sente confortável em um carro, ônibus ou avião. E leve seu dog no veterinário para saber se ele está em condições de viajar, além de ser obrigatório ter os documentos de vacinação em dia e um atestado do veterinário em ônibus e avião. Em alguns casos, é necessário dar calmante para o dog.

Viajar de carro

Para animais menores de 10 kg, existem assentos próprios para os dogs, que os deixam em segurança e confortáveis. Para cachorros maiores a este peso existe o cinto de segurança para cães. Nunca deve levar o animal solto no carro, pois além do perigo de acidente, pode levar multa e perder pontos na carteira, por ser uma infração leve.

Transportar o seu dog na parte de fora do veículo, além de ser extremamente perigoso para o seu companheirinho, você pode levar multa ainda maior e 5 pontos na carteira por ser uma infração grave.

Viajar de ônibus

Antes de comprar a passagem, é necessário verificar se a empresa de transporte aceita animais e se tem que pagar taxa extra por eles, além dos seus regulamentos, que variam de empresa para empresa, assim como no avião. O que todas as empresas tem em comum é que é necessário apresentar o atestado do veterinário com todos os documentos de vacinação do animalzinho em dias.

Algumas empresas, obrigam que o animal seja sedado, então verifique sempre os regulamentos, afinal, ninguém gosta de sedar seu companheiro! E procure saber se ainda tem vaga para seu dog, pois, muitas empresas tem um número limite de transporte de animais em cada ônibus.

Nas empresas que permitem o transporte, o dog que tem estar numa caixa de transporte, algumas permitem que leve o animal na caixa no colo, outras exigem comprar a passagem para o mesmo e leva-lo no assento ao lado.

Para melhor conforto do seu cãozinho, procure uma caixa de tamanho ideal para ele, e o deixe brincar e conhecer a caixa antes do transporte, para se familiarizar e não ficar com medo durante a viagem.

Viajar de avião

Assim como no ônibus, cada companhia aérea tem sua própria política de transporte de dogs, e número limitado de animais em um voo. Por tanto, é necessário entrar em contato com a empresa para reservar o espaço para seu animalzinho, além dos documentos de saúde do dog.

O seu dog tem que ser transportado dentro da caixa, mas, dependendo da companhia aérea pode ir ao seu lado na poltrona, caso o peso do animal e da caixa não ultrapasse 10kg ou no compartimento de cargas.

Para voos internacionais, verifique bem as normas da empresa, pois a taxa e documentações necessárias podem ser diferentes, além de que talvez a empresa não leve para determinados países.

Leve as especificações da companhia aérea para medir e comparar as dimensões na loja quando for comprar a caixa de transporte.

Informe-se das regras  e valores de transporte de animais da companhia aérea antes de comprar a passagem.

Cães-guia

O cães-guia podem viajar sem qualquer custo adicional, assegurado pela Lei nº. 11.126/2005 necessário apenas a apresentação da documentação médica. Em caso de viajar de avião, verifique qual a idade mínima do cachorro que cada companhia área aceita.

Cães de assistência emocional

Dependendo do tamanho do cão, pode viajar junto na cabine sem estar na caixa transportadora. Deve apresentar os documentos médicos, cartão de identificação do EASN (Emotion Spport Animal) e a plaqueta de identificação.

Verifique sempre as empresas para escolher qual a que melhor atende suas necessidades para transporte do seu cão de apoio emocional. E em caso o seu animal ser muito grande, o ideal seria comprar uma passagem para ele, para maior conforto.

Mochila canguru

Assim como eu, a NINA DOG é muito aventureira e gosta de estar presente nas viagens, até mesmo nas trilhas! Mas, como algumas trilhas e lugares são complicados para deixa-la no chão, eu a carrego na mochila canguru, que a deixa confortável, segura e o tempo todo perto de mim.

DICA:

  • Vacinas de seu dog em dia;
  • Apresentar atestado veterinário;
  • Avisar a companhia aérea com antecedência de que viajará com seu animal;
  • Trasportar seu animal em uma caixa de transporte resistente, com ventilação, que irá acomodar seu dog com certa folga exigidas pelas cias aéreas.
  • Não dê comida durante a viagem: isso causa enjoo e altera o sistema digestivo.
  • Leve brinquedos do seu dog  para que ele se sinta em casa. Em caso das caixas de transporte, coloque o próprio cobertor do animal como forro para reforçar a ideia da casa.
  • Um produto que pode facilitar a sua vida são as fraldas veterinárias, que podem evitar um desastre na viagem.
  • Ande bastante com seu dog antes da viagem para ele fazer suas necessidades e gastar sua energia.

BOA VIAGEM!

Por: Beth Crisko

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *