ARTE QUE VEM DO LIXO! ⋆ Chapada Diamantina ⋆ Viagem com Beth

Chapada Diamantina Viajando em histórias,

ARTE QUE VEM DO LIXO!

12 de abril de 2018

O lixo que vira arte nas mãos de uma alma com “Energia Positiva”

Tudo começou quando eu precisei ir até a cidade de Palmeiras na Chapada Diamantina – BA, com o fim de abastecer o carro para o próximo trekking. E então, de repente, avistei um carro cheio de adereços, onde parei para fazer uma foto, e a história de arte começa.

O roteiro do dia seria Conceição dos Gatos/ Vale do Capão, mas é com muita alegria que ele deu lugar ao “Viajando em Histórias” da vez, de um artista que transforma lixo em arte, Joas Brandão.

O carro me chamou atenção, então resolvi parar para fotografar junto com Maíra Amaral (fotógrafa) e o condutor Rodrigo Ferraz.

E então chega Joas para nos receber, o dono do pedaço e de uma simpatia singular, com aquela “Energia Positiva”, que é seu bordão rsrs

E assim ele já nos carregou para dentro de seu ateliê , conversando, mostrando suas obras de artes e cheio de “Energia Positiva”, claro.

Cada lugarzinho que você olhava, havia alguma arte.

exibição de arte: Beth olhando para prateleiras de garrafas térmicas

Vai um cafezinho aí? Hehe

Jaqueira e arte

Essa casa da árvore na Jaqueira é inegavelmente uma beleza!

Grupo ambientalista de PalmeirasGAP

No início da década de 90, o GAP iniciou um trabalho de sensibilização e conscientização dos moradores do Vale do Capão.

Assim, mutirões de limpeza, construção de girais, palestras nas escolas e com visitantes, programa de rádios, teatro e panfletagem culminaram na separação de lixo no Capão, cuja coleta era feita pelo GAP com a contribuição voluntária da comunidade.

Em 2005 a coleta do lixo “seco” do Capão foi assumida pela Prefeitura Municipal enquanto o GAP, junto com a comunidade, continua alerta com os problemas do lixo. Em julho de 2008, o município de Palmeiras foi contemplado com o Projeto “Lixo Nosso de Todo Dia”, parceria IMA/ GAP com o governo do estado, o qual realizará a separação do lixo na sede do município com educação ambiental, coleta, e uma posterior cooperativa de catadores gerando assim mais uma fonte de renda para este setor.

Beth e Joas, com a arte ao fundo.

Joas é um cara muito iluminado, daquelas pessoas que entram para o “Viajando em Histórias”, e que certamente fazem a diferença para local onde vive e para o mundo!

PRESERVE A NATUREZA, RECOLHA SEMPRE SEU LIXO!

OU

SE TIVER POR PALMEIRAS DOE O LIXO RECICLÁVEL AO JOAS QUE ELE SABE O QUE FAZER!

Antes de tudo, grata por ter conhecido essa pessoa tão especial!

ROTEIRO VALE DO CAPÃO!

10 DICAS DE TRILHA PARA INICIANTES

Por: Beth Crisko

3 Comentários

  1. Tuenny disse:

    Adorei a matéria, parabéns!
    Conscientização sempre.

    1. Beth Crisko disse:

      Grata pelo carinho. Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *